Paella, uma “feijoada” brasileira


Fotos: Juliana Medina / Roberto Sena
Paella

Durante a minha estadia em Salamanca nesse último fim de semana, tive o previlégio de conhecer lugares que me fizeram encher os olhos, principalmente as construções da Idade Média.

Antes de vir à Espanha já tinha a certeza de que iria gostar de tudo que presenciaria, e até agora meus pés e o bom e velho botão de disparo da maquina fotográfica têm sofrido um bocado.

Depois de andar muito pelas magníficas ruas dessa cidade histórica, em pleno verão espanhol, fazer uma pausa para comer é algo que o corpo estava exigindo. Por menos de 10 euros pude provar um prato tão importante para os espanhóis, quando é a feijoada para os brasileiros, essa iguaria é a Paella.

Uma vez, em conversa com um espanhol residente em São Paulo, me confessou que a pronúncia mais correta é a espanhola, algo próximo de “paelha”. Ainda me disse que ao chama-la de “paeja”, a receita perderia sua autenticidade.

Os ingrediente para se fazer uma boa paella são: arroz, mexilhões grandes, camarões, pimentão, cebola, enfim, trata-se de um prato bem nutritivo, e que possui muitas calorias, eu mesmo comi uma porção que me deixou pra lá de satisfeito. Claro, com o tempo o prato foi ganhando outros ingredientes, e se diversificando.

Saiba mais sobre a Paella.

Anuncios

2 thoughts on “Paella, uma “feijoada” brasileira

  1. Não fala assim…. deixa o Claudir saber que você chamou a Paella de feijoada…rs o espanhol vai ficar bravo…
    E como estão as coisas?
    To vendo que tá postando tudo!
    Vou acompanhar por aqui a sua vida espanhola.
    beijos

Los comentarios están cerrados.