O preconceito ainda impera na mente de alguns


ChanelRecentemente estava conversando com um amigo sobre os eventos que cbria no blog Digerindo, que iam desde feiras tecnológicas, passando por casas noturnas, até redutos de moda, como desfiles, palestras e coisa e tal.

Lembro-me que quando dizia à alguém que ia estar no meio de mulheres, me perguntavam: “Você é bicha?”. Pois é, daí já pode-se notar o tamanho da ignorância em que vivem alguns indivíduos de nossa sociedade.

Hoje mesmo estava parando pra notar isso. Estava observando os avatares de quem já se cadastrou no evento organizado pela Marcela Kauffman, do ByMK, Renata Ruiz, do Moda Para Usar, e Carmen Martins, do Achados de Moda, o “Meninas com Modas”, e no fim pude constatar que exceto eu, só mais dois outros homens haviam se cadastrado. Será que muitos se interessam, mas por vegonha ou quaisquer outro motivo não mostram a cara? E olha que não tem nada haver com aquele papo de “sair do armário”, afinal de contas cada um sabe o que é, pelo menos eu creio.

Diante de tantas opotunidades de aprendizado, eu pelo menos não vou me importar com isso e SPFW que me aguarde!

Anuncios

7 thoughts on “O preconceito ainda impera na mente de alguns

  1. Roberto, adorei os comentários!!!!
    Nossa, eu adoraria ir a esse evento, mas na data do evento eu já tenho um cliente p antender aqui em Brasília…
    Fica p a próxima! Divirta-se e depois me conte como foi!
    Visite meu blog!
    Bjos

  2. Sério? kkkkk
    Nossa, isso nunca me passou pela cabeça, tô pasmada!!
    O melhor é fazer o que der na telha, sem ficar se preocupando com os outros, do contrário acaba-se como que em uma prisão! Louvável sua atitude! Bjins

  3. Que legal sua manifestacao roberto! Acho isso super bacana, o homem fazer aquilo que gosta sem pormenores, sem o preconceito que a sociedade nos colocou por anos e anos!
    Eu acredito que com o tempo isso ira passar, afinal esse mundo esta aberto a todos e muito instigante! E bom saber do que encanta. Moda e mais do que aparencia, mas sua expressao ao mundo, seu estilo, sua forma de se sentir bem!
    E isso ai Roberto!

    bjus

  4. Ola Roberto, e olha que você esta comentando somente sobre homossexualidade.
    Mas muito brasileiro que teria que ter uma mente mais aberta sobre raças e crenças, já que é um país formado por pessoas de diferentes lugares do mundo, infelizmente ainda possui uma visão bem limitada e preconceituosa. E não muda porque não aceita o preconceito.
    Aconteceu comigo a 3 semanas atrás qdo fui para Melbourne e uma brasileira me perguntou pq somos tão nerds, “somos” leia-se brasileiros com descendencia japonesa, isso pq eu estava só tentando ajudar um amigo que estava vendo o problema para entrar na internet, ai eu disse para ela parar de ser preconceituosa e ela disse que não estava sendo!! Ai TENTEI faze-la pensar dizendo, “alow, vc não me conhece, conversamos somente meia hora e vc já me chama de nerd! Isso é o que?” Ai comecei a brigar mas meus amigos cortaram o bate-boca pq eles sabem que eu não sou nada nipônico nas expectativas dos que não me conhecem e eu baixo o nível mesmo, kkk…
    E mudando de assunto, vc esta usando o facebook?
    Vou te add la, pra sabe do esquema do Flickr!
    Vale a pena? Aquele abrassss

  5. Infelizmente as pessoas tem uma mentalidade retrógrada e rígida, fazendo com que quem não pense assim seja taxado de um monte de coisas. Putz, que ridículo. Essas pessoas são as que mais perdem oportunidades.. Mas quer saber? Azar o delas.. 🙂

  6. Janelas fechadas, amigo! É isso que acontece com as pessoas que te fazem aquele tipinho de questionamento…
    São pessoas limitadas, restritas a um mundo só, a um assunto só e que, normalmente, só repetem as mesmas coisas.
    Vamos partir pra outra e viver a nossa vida de modo intenso!

    Grande abraço!

Los comentarios están cerrados.