Um dia na 25 de Março, o maior centro de compras do país


Foto: Roberto Sena / Nokia N95
25-de-marco

Com preços muito baixos, a Rua 25 de Março, ou simplesmente “25”, como é conhecida por seus frequentadores, atrai todos os anos milhões de pessoas que vêem do todos os cantos do Brasil. No sábado estive lá com uma amiga para fazer compras e chegamos à região por volta das 12:30. Como em todos os lugares onde existem aproveitadores, e lá não ia ser diferente, tratei logo de mudar a minha carteira para o bolso da frente. Apesar do calor intensol, a nossa disposição para andar estava a mil, sair de lá por volta das 18:00 comprovou isso.

Trafegar pelas ruas é uma missão para poucos, e mesmo com toda aquela gente, era possível constatar a presença de crianças de colo(que pai ou mãe de verdade leva seu filho para aquele lugar????), e andar nas lojas então era uma tarefa árdua, com muito empurra-empurra, e um calor que faria qualquer psicológico frágil se abalar, carregar grandes caixas pelas ruas entupidas de pessoas então é uma perigrinação, mas enfim, aqui estou, vivo!

No próprio site oficial, que une alguns dos comerciantes da 25, é possível encontrar mais informações sobre o comércio daquela região, e publiquei algumas muito interessantes logo abaixo.

Como Chegar?

Metrô: Desça na estação São Bento e tome a saída para a Ladeira Porto Geral, à direita.

Ônibus: Qualquer linha que leve ao centro da cidade. Depois, basta pedir orientações para chegar à Ladeira Porto Geral.

Carro: É possível estacionar o veículo na própria 25 de Março e em suas imediações valendo-se da “Zona Azul” (estacionamento permitido por tempo limitado). Existem à disposição vários bolsões de estacionamento privado.

O que vestir?

Vá de tênis ou com um calçado confortável. O mesmo vale para a roupa. Evite falar ao celular em ambiente aberto e sempre tome conta das bolsas, sacolas e carteiras.

Como Comprar?

As grandes lojas da Rua 25 de Março, aceitam cartões de débito e crédito, mas não deixe de levar dinheiro em espécie, pois alguns pequenos comércios não trabalham com cartões de débito ou crédito. O mesmo vale para cheques. No começo da Ladeira Poro Geral existem várias agências bancárias com caixas eletrônicos. Pesquise preços, peça cartões de visita com o nome da loja, endereço e nome de quem o atendeu. Se for comprar algum produto com os “camelôs”, peça para testá-lo ali mesmo, pois dificilmente conseguirá trocá-lo em caso de defeito.

Anuncios

One thought on “Um dia na 25 de Março, o maior centro de compras do país

  1. Eu volto e o sr. está de férias?!
    Assim não pode, assim não dá!
    Mas enfim, NUNCA fui a 25. No entanto, pretendo e valiosas dicas li aqui.
    Afinal ‘sampa meu lugar’ acima de tudo é cultura e informação. 😉
    beijo, boas férias!

Los comentarios están cerrados.