Escrita: um dom esquecido por muitos


Esses dias estava conversando com minha gerente sobre o meu costume de ainda escrever cartas, e isso me fez relembrar os velhos tempos onde a carta escrita à mão enviada pelo correio era sinônimo de humanidade. Embora eu não tenha chegado à casa dos 30, a oportunidade de usar esse meio tão caloroso, quando ficava esperando anciosamente uma correspondência na caixinha de coleta. Nos tempos de hoje, particularmente, o e-mail, mensageiros eletrônicos tomaram conta do meu cotidiano.

Com o crescimento frenético dos meios de comunicação, jovens e crianças da nova geração sequer tiveram a chance de incorporar ao seu dia-a-dia o antigo costume da carta escrita à mão, e enviada pelos Correios. Mesmo diante da realidade que testemunhamos, o número de cartas remetidas de pessoa física para pessoa física é elevado, cerca de 850 milhões de correspondências.

Com tudo, cheguei à conclusão que tenho que rever as formas que utilizo para me comunicar, e voltar a incorporar a escrita…

Anuncios

2 thoughts on “Escrita: um dom esquecido por muitos

  1. oi, vc tem razão. ultimamente as unicas cartas que recebo são cobranças. ninguém escreve mais nada pra ninguém..

    seu blog tá massa, bem legal.
    bjus

  2. Oi roberto,

    Pos nada vale o prazer de receber uma carta pelo correio, o problema é que essa nova geraçao nao vai conhecer e acho que nem quer esse prazer

Los comentarios están cerrados.