Um mês que não vai deixar saudade…


Foto: Roberto Sena

Ainda passando por reparos…

O mês de Setembro está quase no fim, e particularmente, não vai deixar saudade alguma. Depois que mudei de endereço, parece que os problemas resolveram se concentrar em mim. Primeiramente foi minha conexão com a internet. Utilizava os serviços do Virtua, e quando mudei, solicitei a mudança do mesmo, e quando estava falando com a atendente fui notificado de que o cabeamento do meu novo endereço não disponibilizava de sinal, enfim, lá vou eu para o já mau falado e precário Speed. Depois de nove dias após a assinatura do serviço, e ainda estava sem conexão, e só depois de muita reclamação recebi a notícia de que o sinal era instável demais. é mole?!

Com uma das últimas opções entrei em contato com outra empresa, o Ajato, esse aí então disse que nem atendia a região, aí me veio à cabeça: será que sou eu o problema? Será que onde estou é o fim do mundo? Tive a resposta imediatamente, ao conversar com um vizinho, que disse que tinha o Speed. Aí tive a certeza de que o negócio era comigo mesmo.

Não tendo mais pra onde correr, e com o desespero batendo na porta, pensei em mudar-me novamente, e aíu foi quando um amigo, do blog Impolutos veio com a solução. Ele acabara de adquirir o serviço de internet sem fio da operadora de celular Vivo, que mesmo custando uma bela quantia, funcionava, e bem, mesmo para um serviço novíssimo. Enfim, depois de toda essa perigrinação aqui estava, navegando, quando o monitor do meu notebook resolveu se rebelar, e parou de funcionar de vez! Aí sim, o desespero veio daquele jeito, e pra ajudar mais ainda, resolveu parar numa terça-feira, ou seja, só poderia leva-lo para reparos no sábado, o que acabou de “fu” com minha semana.

Bom, lá estava eu no sábado, na loja de reparos, na região da Santa Ifigênia, e só bastou desmontar o LCD pra vir a “excelente notícia”: o valor do conserto ficaria por volta de R$ 900,00! Aí sim, nesse momento deu vontade até de chorar! Voltei pra casa já pensando em ligar na Vivo pra cancelar a assinatura, vender a carcaça do note(aliás o cara queria comprar por míseros R$ 250,00), e chorar bastante. Derepente pensei: “Se já está quebrado, vou fuçar então…”

Desmontei por completo, e diante de todas aquelas peças até então estranhas pra mim, começei a remontar, e como um milagre de Deus(e foi), o monitor está brilhando como nunca! Pois é, já estou pensando em abrir uma assistência, pois o cara que “fuçou” tinha nada mesnos do que quinze anos de experiência, e havia trabalhado na divisão de montagem de Toshiba, essa aliás deve estar bem melhor sem ele por lá. Na semana que vem vou até a loja dele, gastar ums R$ 15,00 por uma dobradiça que está com problemas. Que diferença não?!?

Anuncios

One thought on “Um mês que não vai deixar saudade…

  1. Mano que zica braba (rsrsrsr), fé em Deus meu irmão que tudo da certo, mas sem essa de querer abrir um assistencia tecnica….rsrsrsr, pelo bem da população brasileira….tira essa idéia da cabeça.

    Abç

Los comentarios están cerrados.